Documentos

A imprensa anarquista face à Grande Guerra

Abaixo a guerra!
Clemente Vieira dos Santos, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 210, 2 de Agosto de 1914, p. 1.

A guerra
Charles Letourneau, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 210, 2 de Agosto de 1914, p. 2.

Aos trabalhadores
O Grupo Cosmopolita, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 211, 9 de Agosto de 1914, p. 1.

Viva a guerra!
Clemente Vieira dos Santos, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 211, 9 de Agosto de 1914, pp. 1-2.

A guerra!
A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 212, 16 de Agosto de 1914, p. 1.

Ao Proletariado e á Burguesia
União Operária Nacional, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 212, 16 de Agosto de 1914, pp. 1-2.

A guerra
José Corrêa, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 213, 23 de Agosto de 1914, pp. 1-2.

Antimilitarismo
A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 213, 23 de Agosto de 1914, p. 3.

Marselhesa de ontem, Marselhesa de hoje
A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 215, 6 de Setembro de 1914, p. 1.

Notas Rubras. Em torno duma guerra
C. Rodrigues, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 215, 6 de Setembro de 1914, p. 1.

A conflagração
A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 215, 6 de Setembro de 1914, p. 1.

O socialismo teutónico e a guerra
A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 215, 6 de Setembro de 1914, p. 2.

A redacção de "Les Temps Nouveaux"
A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 215, 6 de Setembro de 1914, p. 3.

Abaixo a Guerra
César Domingues de Almeida, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 215, 6 de Setembro de 1914, p. 4.

O imperialismo do povo alemão
Alceste de Ambris, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 216, 13 de Setembro de 1914, p. 1.

A conflagração
A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 216, 13 de Setembro de 1914, pp. 1-2.

Contra a guerra
A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 216, 13 de Setembro de 1914, p. 2.

Considerações
Adolfo A. Nunes, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 216, 13 de Setembro de 1914, p. 3.

Uma nova internacional
A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 218, 27 de Setembro de 1914, p. 1.

A questão escabrosa na Itália. Falam anarquistas italianos
A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 219, 4 de Outubro de 1914, p. 3.

Uma voz de anarquistas ingleses
A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 220, 11 de Outubro de 1914, p. 2.

A união sindical italiana e a guerra
A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 220, 11 de Outubro de 1914, p. 3.

Os revolucionários ante a guerra
A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 221, 18 de Outubro de 1914, p. 1.

Os sindicalistas portugueses e a guerra
A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 221, 18 de Outubro de 1914, p. 1.

Dolorosa contradição
A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 221, 18 de Outubro de 1914, p. 2.

Sejamos nòs mesmos!
Luigi Bertoni, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 223, 1 de Novembro de 1914, p. 1.

A guerra
Olavo Bilac, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 223, 1 de Novembro de 1914, p. 1.

Juvenilias. Portugal e a guerra
Adolfo A. Nunes, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 223, 1 de Novembro de 1914, p. 2.

A civilização em marcha
André Girard, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 225, 15 de Novembro de 1914, p. 1.

A propósito duma entrevista
Neno Vasco, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 225, 15 de Novembro de 1914, p. 1.

Falando claro
Aurélio Quintanilha, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 225, 15 de Novembro de 1914, p. 2.

A caminho do pacifismo
Jean Wintsch, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 225, 15 de Novembro de 1914, p. 2.

Não tornemos a confundir!
Charles Albert, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 225, 15 de Novembro de 1914, p. 2.

A minha entrevista
Sebastião Eugénio, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 226, 22 de Novembro de 1914, p. 2.

O mal da guerra
A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 226, 22 de Novembro de 1914, p. 3.

O triunfo dos "mais fortes"
Alfredo Guerra, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 227, 29 de Novembro de 1914, p. 2.

Uma opinião
Giordano Bruno, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 227, 29 de Novembro de 1914, p. 2.

Siga a bicha
Alfredo Guerra, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 228, 6 de Dezembro de 1914, p. 1.

A campanha do odio
Giordano Bruno, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 228, 6 de Dezembro de 1914, p. 2.

Aos que ainda não compreenderam
Lucien Leauté, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 228, 6 de Dezembro de 1914, p. 2.

A guerra
José Corrêa, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 228, 6 de Dezembro de 1914, p. 3.

Aos que já compreenderam
C. Rodrigues, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 229, 13 de Dezembro de 1914, p. 2.

Ao proletariado internacional. Manifesto anarquista
A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 229, 13 de Dezembro de 1914, pp. 2-3.
Parte I.

As causas da guerra
Waarlem Tcherkesoff, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 229, 13 de Dezembro de 1914, p. 4.

Ao proletariado internacional. Manifesto anarquista
A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 230, 20 de Dezembro de 1914, pp. 1-2.
Parte II.

Os socialistas italianos e a guerra
Benito Mussolini, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 230, 20 de Dezembro de 1914, p. 2.

O anão vai para a guerra
Neno Vasco, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 230, 20 de Dezembro de 1914, pp. 2-3.

Doutrina e prática da Social democracia
A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 231, 27 de Dezembro de 1914, p. 1.

O desarmamento geral
Neno Vasco, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 231, 27 de Dezembro de 1914, p. 1.

Considerações sobre a guerra
Abílio Silva, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 231, 27 de Dezembro de 1914, p. 2.

O caracter da presente conflagração
A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 232, 3 de Janeiro de 1915, p. 1.

A Social-democracia do kaiser
A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 232, 3 de Janeiro de 1915, pp. 1-2.

Uma carta
A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 232, 3 de Janeiro de 1915, p. 2.

Os socialistas italianos e a guerra
Aurélio Quintanilha, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 232, 3 de Janeiro de 1915, p. 2.

Os que desejam a guerra
Urbain Gohier, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 232, 3 de Janeiro de 1915, p. 3.

Alba sangrenta
Benjamim Mota, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 233, 10 de Janeiro de 1915, p. 1.

Duas tendências na luta anarquista
Henri Zisly, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 233, 10 de Janeiro de 1915, p. 1.

Os que ganham com a guerra
A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 233, 10 de Janeiro de 1915, p. 2.

Karl Liebknecht não está só
A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 233, 10 de Janeiro de 1915, p. 2.

A proposito da guerra
Germinal, n.º 2, 10 de Janeiro de 1915, p. 3.
Parte I.

Fala um revolucionário francês. A nossa atitude perante a guerra
Émile Czapek, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 234, 17 de Janeiro de 1915, p. 1.

Um documento notável. Porque me demiti do comité confederal
Pierre Monatte, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 234, 17 de Janeiro de 1915, pp. 1-2.

A proposito da guerra
Germinal, n.º 3, 20 de Janeiro de 1915, p. 3.
Parte II.

Os responsáveis
B.T., A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 235, 24 de Janeiro de 1915, p. 1.

Causas e efeitos
Domela Nieuwenhuis, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 235, 24 de Janeiro de 1915, p. 1.

O Internacionalismo não faliu
Jean Grave, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 235, 24 de Janeiro de 1915, pp. 1-2.

Notas Rubras
C. Rodrigues, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 235, 24 de Janeiro de 1915, p. 3.

Uma carta de Merrheim
A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 235, 24 de Janeiro de 1915, p. 3.

A proposito da guerra
Germinal, n.º 4, 31 de Janeiro de 1915, p. 3.
Parte III.

Liebknecht não está só
A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 237, 7 de Fevereiro de 1915, p. 1.

A nossa guerra
A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 237, 7 de Fevereiro de 1915, p. 1.

Pela paz
A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 237, 7 de Fevereiro de 1915, p. 2.

Palavras amargas
A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 237, 7 de Fevereiro de 1915, p. 3.

A proposito da guerra
Germinal, n.º 5, 7 de Fevereiro de 1915, p. 3.
Parte IV.

Soldados ou insurrectos
Luigi Bertoni, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 238, 14 de Fevereiro de 1915, p. 1.

A proposito da guerra
Germinal, n.º 6, 14 de Fevereiro de 1915, p. 3.
Parte V.

Pacifismo "popular"
A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 239, 21 de Fevereiro de 1915, p. 1.

A chave do enigma
Clemente Vieira dos Santos, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 239, 21 de Fevereiro de 1915, p. 1.

A Polónia tràgica
A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 239, 21 de Fevereiro de 1915, p. 2.

Os intervencionistas italianos
A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 239, 21 de Fevereiro de 1915, p. 3.

A guerra
José Corrêa, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 239, 21 de Fevereiro de 1915, p. 3.

Socialistas e Sindicalistas de França, Inglaterra e Alemanha
Germinal, n.º 7, 21 de Fevereiro de 1915, p. 3.

A liberdade dos povos
Clemente Vieira dos Santos, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 240, 28 de Fevereiro de 1915, p. 1.

Quem ditará a paz?
A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 240, 28 de Fevereiro de 1915, p. 3.

A proposito da guerra
Germinal, n.º 8, 28 de Fevereiro de 1915, p. 3.
Parte VI.

Pela paz
A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 241, 7 de Março de 1915, p. 1.

Os anarquistas e a guerra
Giordano Bruno, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 241, 7 de Março de 1915, p. 2.
Parte I.

Desconcertante
Jean Grave, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 241, 7 de Março de 1915, p. 2.

Os que querem a guerra, na Itália
Luigi Fabbri, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 241, 7 de Março de 1915, p. 2.

A proposito da guerra
Germinal, n.º 9, 7 de Março de 1915, p. 3.
Parte VII.

Os anarquistas e a guerra
Giordano Bruno, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 242, 14 de Março de 1915, p. 2.
Parte II.

Fala um socialista inglês. As atrocidades
Ramsay MacDonald, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 242, 14 de Março de 1915, p. 3.

A proposito da guerra
Germinal, n.º 10, 14 de Março de 1915, p. 3.
Parte VIII.

Os anarquistas e a guerra
Giordano Bruno, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 243, 21 de Março de 1915, p. 2.
Parte III.

Os socialistas russos
A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 243, 21 de Março de 1915, p. 2.

Jean Grave e a censura
A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 243, 21 de Março de 1915, p. 2.

A proposito da guerra
Germinal, n.º 11, 21 de Março de 1915, p. 3.
Parte IX.

A defesa das liberdades políticas
A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 244, 28 de Março de 1915, p. 1.

Abaixai os corações
Jean Grave, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 244, 28 de Março de 1915, p. 1.

Os anarquistas e a guerra
Giordano Bruno, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 244, 28 de Março de 1915, p. 2.
Parte IV.

Internacional Operária
Germinal, n.º 12, 28 de Março de 1915, p. 1.

Pela paz
Germinal, n.º 12, 28 de Março de 1915, p. 2.

Guerra capitalista, não de princípios
A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 245, 4 de Abril de 1915, p. 1.

Cartas intimas. Maldita guerra!
José Felipe, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 245, 4 de Abril de 1915, p. 1.

Karl Liebknecht
A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 245, 4 de Abril de 1915, p. 2.

O congresso do Ferrol
A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 245, 4 de Abril de 1915, p. 2.

Os anarquistas e a guerra
Giordano Bruno, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 245, 4 de Abril de 1915, p. 2.
Parte V.

O manifesto dos socialistas russos
A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 245, 4 de Abril de 1915, p. 3.

A guerra é sempre um mal
C. Rodrigues, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 246, 11 de Abril de 1915, p. 1.

Os falsos representantes
Clemente Vieira dos Santos, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 246, 11 de Abril de 1915, p. 1.

A censura em França. Aos leitores de "La Bataille"
Jean Grave, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 246, 11 de Abril de 1915, p. 2.

Os manejos Russos
A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 246, 11 de Abril de 1915, p. 2.

Os anarquistas e a guerra
Giordano Bruno, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 246, 11 de Abril de 1915, p. 3.
Parte VI.

Acêrca do congresso
Adolfo A. Nunes, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 246, 11 de Abril de 1915, p. 3.

Pedro Krapótkine
A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 246, 11 de Abril de 1915, p. 3.

Pelo Brasil
Germinal, n.º 14, 11 de Abril de 1915, p. 3.

Os soldados á força
A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 247, 18 de Abril de 1915, p. 1.

Permanecemos Revolucionários
Luigi Bertoni, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 247, 18 de Abril de 1915, p. 1.

O que é preciso fazer-se
Clemente Vieira dos Santos, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 247, 18 de Abril de 1915, pp. 1-2.

A classe operária Alemã e a guerra
Paul Schreyer, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 247, 18 de Abril de 1915, p. 2.

Notas de perto
H. Quesário, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 247, 18 de Abril de 1915, p. 2.
Parte I.

Tem a palavra um russo. O verdadeiro culpado
Frederick Stackelberg, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 247, 18 de Abril de 1915, p. 3.

A proposito do congresso do Ferrol
Manuel Carreira, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 247, 18 de Abril de 1915, p. 3.

Notas ligeiras
Qualquer, Germinal, n.º 15, 18 de Abril de 1915, p. 2.

O congresso do Ferrol
A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 248, 25 de Abril de 1915, p. 1.

O internacionalismo faliu? Não
Clemente Vieira dos Santos, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 248, 25 de Abril de 1915, p. 1.

O congresso do Ferrol
Germinal, n.º 16, 25 de Abril de 1915, p. 1.

Notas de perto
H. Quesário, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 248, 25 de Abril de 1915, p. 2.
Parte II.

A proposito da guerra
Germinal, n.º 16, 25 de Abril de 1915, pp. 1-2.
Parte X.

Respigando
Amarus, Germinal, n.º 16, 25 de Abril de 1915, p. 4.

Congresso de Ferrol
Germinal, n.º 16, 25 de Abril de 1915, p. 4.

O 1º de maio e o congresso de Ferrol
Clemente Vieira dos Santos, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 249, 1 de Maio de 1915, p. 1.

Notas de perto
H. Quesário, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 249, 1 de Maio de 1915, p. 3.
Parte III.

Uma encíclia sobre a guerra
Neno Vasco, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 249, 1 de Maio de 1915, pp. 3-4.

Coisas pitorescas
Germinal, n.º 17, 2 de Maio de 1915, p. 3.

A guerra e o congresso do Ferrol
A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 250, 9 de Maio de 1915, p. 1.

As causas psicologicas da guerra
August Forel, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 250, 9 de Maio de 1915, p. 1.

Notas de perto
H. Quesário, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 250, 9 de Maio de 1915, p. 2.
Parte IV.

O movimento anarquista na Inglaterra
A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 250, 9 de Maio de 1915, p. 2.

O ajuste de contas
Giordano Bruno, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 250, 9 de Maio de 1915, p. 3.

A proposito da guerra
Germinal, n.º 18, 9 de Maio de 1915, p. 3.
Parte XII.

Notas de perto
H. Quesário, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 252, 23 de Maio de 1915, pp. 1-2.
Parte VI.

Documentos
A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 252, 23 de Maio de 1915, p. 3.

A peste alastra-se
A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 253, 30 de Maio de 1915, p. 1.

Notas de perto
H. Quesário, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 253, 30 de Maio de 1915, p. 2.
Parte VII.

Documentos
A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 253, 30 de Maio de 1915, pp. 2-3.

O congresso do Ferrol
Germinal, n.º 19, 30 de Maio de 1915, p. 3.

Carta aberta a Carlos Malato
Clemente Vieira dos Santos, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 254, 6 de Junho de 1915, p. 1.

Dois documentos. Manifesto dos Internacionalistas
A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 254, 6 de Junho de 1915, p. 2.

Notas de perto
H. Quesário, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 254, 6 de Junho de 1915, pp. 2-3.
Parte VIII.

Notas de perto
H. Quesário, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 255, 13 de Junho de 1915, p. 2.
Parte IX.

Os anarquistas alemães e a guerra
A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 255, 13 de Junho de 1915, p. 2.

Consequências da guerra das nações
Alberto E. Carasso, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 255, 13 de Junho de 1915, pp. 2-3.

Os emprezarios da guerra
Alfredo Guerra, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 256, 20 de Junho de 1915, p. 1.

Notas de perto
H. Quesário, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 256, 20 de Junho de 1915, p. 2.
Parte X.

Na Italia. As manifestações contra a guerra
A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 256, 20 de Junho de 1915, p. 3.

Guerristas - porque não?
A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 256, 20 de Junho de 1915, p. 3.

Aos fazedores duma mensagem
Alfredo Guerra, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 257, 27 de Junho de 1915, p. 1.

A Itália tambêm
Errico Malatesta, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 257, 27 de Junho de 1915, p. 1.

Notas Rubras. Portugal na guerra
C. Rodrigues, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 257, 27 de Junho de 1915, p. 2.

Notas de perto
H. Quesário, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 257, 27 de Junho de 1915, pp. 2-3.
Parte XI.

As atrocidades da guerra
A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 258, 4 de Julho de 1915, p. 1.

Na Italia. O movimento antiguerrista
A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 258, 4 de Julho de 1915, p. 1.

Documentos
A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 258, 4 de Julho de 1915, p. 2.

Apontamentos...
Magalhães Júnior, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 258, 4 de Julho de 1915, p. 2.

Notas de perto
H. Quesário, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 258, 4 de Julho de 1915, p. 3.
Parte XII.

A questão das raças
A. D., A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 258, 4 de Julho de 1915, p. 3.

A questão das responsabilidades
A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 259, 11 de Julho de 1915, p. 1.

Uma questão de actualidade. Ao mundo operário organizado
A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 259, 11 de Julho de 1915, p. 2.

Notas de perto
H. Quesário, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 259, 11 de Julho de 1915, p. 3.
Parte XIII.

A guerra e a revolução
António Loredo, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 260, 18 de Julho de 1915, p. 1.

Na Alemanha. Movimento de protesto
A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 260, 18 de Julho de 1915, p. 2.

Pangermanismo e panslavismo. O perigo alemão e perigo russo
A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 260, 18 de Julho de 1915, p. 2.

Guerristas ou quê?
A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 260, 18 de Julho de 1915, p. 2.

Notas de perto
H. Quesário, A Aurora, Série II, Ano 5, n.º 260, 18 de Julho de 1915, pp. 2-3.
Parte XIV.

A nossa politica estrangeira
Errico Malatesta, A Aurora, Série II, Ano 6, n.º 261, 25 de Julho de 1915, p. 1.

Em caso de guerra e de invasão
Pedro Esteve, A Aurora, Série II, Ano 6, n.º 261, 25 de Julho de 1915, p. 1.

Pela Internacional
Joaquim Salgado, A Aurora, Série II, Ano 6, n.º 261, 25 de Julho de 1915, p. 1.

As causas económicas das guerras
A Aurora, Série II, Ano 6, n.º 261, 25 de Julho de 1915, p. 2.

Notas de perto
H. Quesário, A Aurora, Série II, Ano 6, n.º 261, 25 de Julho de 1915, p. 2.
Parte XV.

Parai com a guerra!
A Aurora, Série II, Ano 6, n.º 261, 25 de Julho de 1915, pp. 2-3.

Documentos. Pela paz - Manifesto publicado no Rio de Janeiro
A Aurora, Série II, Ano 6, n.º 261, 25 de Julho de 1915, p. 3.
Parte I.

Uma questão palpitante. Ao Proletariado de Espanha e Portugal
A Aurora, Série II, Ano 6, n.º 262, 1 de Agosto de 1915, p. 1.

Depois - que será?
William Teignmouth Shore, A Aurora, Série II, Ano 6, n.º 262, 1 de Agosto de 1915, p. 2.

Notas de perto
H. Quesário, A Aurora, Série II, Ano 6, n.º 262, 1 de Agosto de 1915, pp. 2-3.
Parte XVI.

Documentos. Pela paz - Manifesto publicado no Rio de Janeiro
A Aurora, Série II, Ano 6, n.º 262, 1 de Agosto de 1915, p. 3.
Parte II.

O Imperialismo moderno
Dionisio Nor, A Aurora, Série II, Ano 6, n.º 263, 22 de Agosto de 1915, pp. 2-3.
Parte I.

Documentos. Pela paz - Manifesto publicado no Rio de Janeiro
A Aurora, Série II, Ano 6, n.º 263, 22 de Agosto de 1915, p. 3.
Parte III.

O perigo alemão e o perigo russo
A Aurora, Série II, Ano 6, n.º 264, 29 de Agosto de 1915, pp. 1-2.

O Imperialismo moderno
Dionisio Nor, A Aurora, Série II, Ano 6, n.º 264, 29 de Agosto de 1915, p. 2.
Parte II.

Necessidade da Revolução
António Loredo, A Aurora, Série II, Ano 6, n.º 265, 5 de Setembro de 1915, p. 1.

Documentos. Os socialistas Bulgaros e a guerra
A Aurora, Série II, Ano 6, n.º 265, 5 de Setembro de 1915, p. 2.

O Imperialismo moderno
Dionisio Nor, A Aurora, Série II, Ano 6, n.º 265, 5 de Setembro de 1915, p. 2.
Parte III.

Confederação Operária Brasileira. Pela paz
A Aurora, Série II, Ano 6, n.º 266, 12 de Setembro de 1915, p. 1.

Documentos. A Conferência de Londres
A Aurora, Série II, Ano 6, n.º 266, 12 de Setembro de 1915, p. 2.

Causas e efeitos da guerra
W. E. Bohn, A Aurora, Série II, Ano 6, n.º 266, 12 de Setembro de 1915, p. 2.

Guerra de invasão?
Pedro Esteve, A Aurora, Série II, Ano 6, n.º 266, 12 de Setembro de 1915, p. 2.

O argumento étnico
A. D., A Aurora, Série II, Ano 6, n.º 266, 12 de Setembro de 1915, p. 3.

Os anarquistas e a guerra. Resposta a "Acción Libertaria"
A Aurora, Série II, Ano 6, n.º 267, 19 de Setembro de 1915, p. 2.
Parte I.

Documentos. O manifesto dos três
A Aurora, Série II, Ano 6, n.º 267, 19 de Setembro de 1915, p. 3.

Após a guerra
Alfred Mignon, A Aurora, Série II, Ano 6, n.º 268, 3 de Outubro de 1915, p. 1.

Os anarquistas e a guerra. Resposta à "Acción Libertaria" - As definições objectivas
A Aurora, Série II, Ano 6, n.º 268, 3 de Outubro de 1915, p. 2.
Parte II.

Documentos. Carta aberta à comissão executiva da Social Democracia, à junta executiva do grupo do Reichstag
A Aurora, Série II, Ano 6, n.º 268, 3 de Outubro de 1915, p. 3.

Os anarquistas e a guerra. Resposta à "Acción Libertaria" - O Internacionalismo
A Aurora, Série III, Ano 6, n.º 1, 10 de Outubro de 1915, p. 4.
Parte III.

A internacional operária depois da guerra. Uma carta da União Sindical Italiana á C.G.T. francesa
A Aurora, Série III, Ano 6, n.º 1, 10 de Outubro de 1915, p. 6.

Os anarquistas e a guerra. Resposta à "Acción Libertaria" - A defesa contra a violência
A Aurora, Série III, Ano 6, n.º 2, 17 de Outubro de 1915, p. 3.
Parte IV.

Os anarquistas e a guerra. Resposta à "Acción Libertaria" - Dois pontos de vista
A Aurora, Série III, Ano 6, n.º 3, 24 de Outubro de 1915, pp. 3-4.
Parte V.

A internacional operária depois da guerra. Potência negativa da I. O.
Manuel Joaquim de Sousa, A Aurora, Série III, Ano 6, n.º 3, 24 de Outubro de 1915, p. 4.

Os anarquistas e a guerra. Resposta à "Acción Libertaria" - Para terminar
A Aurora, Série III, Ano 6, n.º 4, 31 de Outubro de 1915, p. 3.
Parte VI.

A ferro e fogo. A um patriota
Joaquim Salgado, A Aurora, Série III, Ano 6, n.º 6, 14 de Novembro de 1915, pp. 1-2.
Parte I.

A internacional operária depois da guerra. O internacionalismo subsistirá
Manuel Joaquim de Sousa, A Aurora, Série III, Ano 6, n.º 6, 14 de Novembro de 1915, p. 4.

A orientação de "La Bataille Syndicaliste". Depoimento de dois ex-redactores
A Aurora, Série III, Ano 6, n.º 7, 21 de Novembro de 1915, p. 3.

A ferro e fogo. A um patriota
Joaquim Salgado, A Aurora, Série III, Ano 6, n.º 8, 28 de Novembro de 1915, p. 2.
Parte II.

Antes da guerra. Antimilitarismo e revolução - Carta de Krapótkine ao "Temps"
Pyotr Kropotkin, A Aurora, Série III, Ano 6, n.º 13, 31 de Dezembro de 1915, p. 3.

Pela joeira. Apreensões
José Luís, A Sementeira, série II, n.º 1, Janeiro de 1916, p. 8.

Pela joeira. Hipocrisia ou inconsciencia
José Luís, A Sementeira, série II, n.º 1, Janeiro de 1916, p. 9.

Lettres aux abonnés de "La Vie Ouvriere". La Conférence de Zimmerwald
A Aurora, Série III, Ano 6, n.º 15, 16 de Janeiro de 1916, p. 2.

Antes da guerra. Antimilitarismo e revolução - Charles Albert responde a Krapótkine
Charles Albert, A Aurora, Série III, Ano 6, n.º 16, 23 de Janeiro de 1916, p. 2.
Parte I.

Antes da guerra. Antimilitarismo e revolução - Charles Albert responde a Krapótkine
Charles Albert, A Aurora, Série III, Ano 6, n.º 17, 30 de Janeiro de 1916, p. 4.
Parte II.

Notas políticas e sociais. Ao acaso de uma leitura
Qualquer, Germinal, n.º 1, Fevereiro de 1916, pp. 1-2.

As garantias de amanhã. A associação dos Estados
André Girard, A Aurora, Série III, Ano 6, n.º 19, 13 de Fevereiro de 1916, pp. 3-4.

Pela joeira. A proposito da guerra
José Luís, A Sementeira, série II, n.º 3, Março de 1916, p. 37.

Por esse mundo. A futura Internacional
A Aurora, Série III, Ano 6, n.º 22, 5 de Março de 1916, p. 7.

A guerra
Juana Buela, A Aurora, Série III, Ano 6, n.º 23, 12 de Março de 1916, pp. 5-6.

Notas políticas e sociais. Ao acaso de uma leitura
Qualquer, Germinal, n.º 2, Março de 1916, pp. 33-34.

Através da beligerancia
Alfredo Guerra, A Aurora, Série III, Ano 6, n.º 25, 26 de Março de 1916, p. 1.

Sermões ao ar livre
Zeno Vaz, A Aurora, Série III, Ano 6, n.º 25, 26 de Março de 1916, p. 1.

Em guerra
A Sementeira, série II, n.º 4, Abril de 1916, p. 49.

Palavras ao vento
Emílio Costa, A Sementeira, série II, n.º 4, Abril de 1916, pp. 49-50.

Pela joeira. Em estado de guerra
José Luís, A Sementeira, série II, n.º 4, Abril de 1916, p. 57.

Pela joeira. A paz
José Luís, A Sementeira, série II, n.º 4, Abril de 1916, p. 57.

Rabiscos. Em guerra!
C. Rodrigues, A Aurora, Série III, Ano 6, n.º 26, 6 de Abril de 1916, p. 2.

Notas políticas e sociais. Dialogo
Germinal, n.º 3, Abril de 1916, pp. 66-67.

A liberdade dos povos e os intervencionistas
Clemente Vieira dos Santos, A Aurora, Série III, Ano 6, n.º 27, 16 de Abril de 1916, p. 1.

Notas políticas e sociais. Ao acaso
Qualquer, Germinal, n.º 3, Abril de 1916, pp. 65-66.

A guerra
Abel Sequeira de Paiva, A Aurora, Série III, Ano 6, n.º 30, 7 de Maio de 1916, p. 3.

Notas políticas e sociais. Portugal - Ao acaso
Qualquer, Germinal, n.º 4, Maio de 1916, pp. 97-98.

Notas políticas e sociais. Exterior - Da neutralidade à intervenção
Emílio Costa, Germinal, n.º 4, Maio de 1916, p. 99.

Para quê?
A Sementeira, série II, n.º 6, Junho de 1916, p. 86.

Anarquismo... Estatal
Errico Malatesta, A Aurora, Série III, Ano 6, n.º 35, 11 de Junho de 1916, pp. 2-3.

Zimmerwald
Emílio Costa, Germinal, n.º 5, Junho de 1916, pp. 132-133.

Conflagração europeia
Conceição Pires, Germinal, n.º 5 Junho de 1916, pp. 134-138.
Parte I.

Quais serão as consequências da actual guerra?
A Aurora, Série III, Ano 6, n.º 36, 18 de Junho de 1916, pp. 1-2.

Pela joeira. Pela liberdade, etc.
José Luis, A Sementeira, série II, n.º 7, Julho de 1916, p. 105.

Notas políticas e sociais. Exterior - Logica
Emílio Costa, Germinal, n.º 6, Julho de 1916, pp. 165-166.

Novidades de Paris
A Aurora, Série III, Ano 6, n.º 39, 9 de Julho de 1916, p. 3.

Notas políticas e sociais. Exterior - Pela Paz!
Emílio Costa, Germinal, n.º 6, Julho de 1916, pp. 166-167.

Reflexos da conflagração
Joaquim Salgado, A Aurora, Série III, Ano 6, n.º 1, 13 de Agosto de 1916, pp. 2-3.

Conflagração europeia
Conceição Pires, Germinal, n.º 7, Agosto de 1916, pp. 196-201.
Parte II.

A Declaração dos Dezasseis. Absoluto e Relativo
Paul Reclus, Germinal, n.º 8, Setembro de 1916, pp. 231-235.

Cristianismo. Catolicidade...
Neno Vasco, A Sementeira, série II, n.º 10, Outubro de 1916, pp. 146-148.

Pela joeira. Politica socialista
José Luis, A Sementeira, série II, n.º 10, Outubro de 1916, p. 151.

O que é preciso fazer-se
Clemente Vieira dos Santos, A Aurora, Série III, Ano 7, n.º 51, 8 de Outubro de 1916, p. 1.

Pela joeira. Depois da guerra
José Luis, A Sementeira, série II, n.º 11, Novembro de 1916, p. 168.

Na Áustria. Um manifesto socialista
Friedrich Adler, A Sementeira, série II, n.º 12, Dezembro de 1916, pp. 180-182.

A lição dos factos
Joaquim Salgado, A Aurora, Série IV, Ano 7, n.º 1, 3 de Dezembro de 1916, p. 2.

Notas políticas e sociais. Exterior - Para a nova Internacional
Germinal, n.º 11, Dezembro de 1916, pp. 313-314.

Vida anarquista. Congresso anarquista italiano
A Aurora, Série IV, Ano 7, n.º 2, 10 de Dezembro de 1916, p. 3.

A Declaração dos Dezasseis. Um mal-entendido bem cultivado
Jean Grave, Germinal, n.º 11, Dezembro de 1916, pp. 319-321.
Parte I.

Manifesto da Conferência de Zimmerwald
A Aurora, Série IV, Ano 7, n.º 3, 17 de Dezembro de 1916, p. 2.
Parte I.

As propostas de Paz
Alfredo Guerra, A Aurora, Série IV, Ano 7, n.º 4, 24 de Dezembro de 1916, p. 1.

Manifesto da Conferência de Zimmerwald
A Aurora, Série IV, Ano 7, n.º 4, 24 de Dezembro de 1916, p. 2.
Parte II.

A Declaração dos Dezasseis. Um mal-entendido bem cultivado
Jean Grave, Germinal, n.º 12, Janeiro de 1917, pp. 351-352.
Parte II.

Lições da guerra
Pedro Guimarães, A Aurora, Série IV, Ano 7, n.º 6, 11 de Fevereiro de 1917, p. 1.

Sermões ao ar livre
Zeno Vaz, A Aurora, Série IV, Ano 7, n.º 6, 11 de Fevereiro de 1917, p. 2.

A Nova Internacional
Pyotr Kropotkin, Germinal, n.º 13, Fevereiro de 1917, pp. 366-368.

Documentos para a História
Domela Nieuwenhuis, A Aurora, Série IV, Ano 7, n.º 7, 18 de Fevereiro de 1917, p. 2.

Garantias de paz
Adolfo Lima, Germinal, n.º 14, Março de 1917, pp. 396-398.
Parte I.

Pela joeira. Demente
José Luis, A Sementeira, série II, n.º 15, Março de 1917, p. 232.

Exame de consciencia
Jean Grave, Germinal, n.º 14, Março de 1917, pp. 399-402.

A guerra e a paz
Germinal, n.º 14, Março de 1917, pp. 418-419.

Garantias de paz
Adolfo Lima, Germinal, n.º 15, Abril de 1917, pp. 423-428
Parte II.

Pela joeira. Ora aí está!
José Luis, A Sementeira, série II, n.º 16, Abril de 1917, p. 248.

Conferência Operária
A Sementeira, série II, n.º 16, Abril de 1916, p. 253.

A Conferência de Estocolmo
A Sementeira, série II, n.º 19, Julho de 1917, pp. 289-290.

Uma carta de Karl Liebknecht
Karl Liebknecht, A Sementeira, série II, n.º 19, Julho de 1917, pp. 300-301.

Segunda carta de Liebknecht
Karl Liebknecht, A Sementeira, série II, n.º 20, Agosto de 1917, pp. 305-306.

Em Estocolmo
A Sementeira, série II, n.º 20, Agosto de 1917, pp. 306-310.

Pela joeira. Desinteressados...
A Sementeira, série II, n.º 21, Setembro de 1917, p. 329.

Estocolmo. Para a historia da conferência
A Sementeira, série II, n.º 22, Outubro de 1917, pp. 337-338.

Na América
A Sementeira, série II, n.º 22, Outubro de 1917, p. 347.

Pela joeira. Liberdade dos povos
A Sementeira, série II, n.º 23, Novembro de 1917, p. 360.

A intervenção do Brasil na guerra
A Sementeira, série II, n.º 26, Fevereiro de 1918, pp. 20-21.
Parte I.

A questão da Paz
A Sementeira, série II, n.º 27, Março de 1918, p. 41.

As condições de paz
A Sementeira, série II, n.º 27, Março de 1918, pp. 41-42.

A intervenção do Brasil na guerra
A Sementeira, série II, n.º 27, Março de 1918, pp. 42-44.
Parte II.

Manifesto dos socialistas filandeses à comissão socialista de Zimmerwald
Yrjo Sirola, A Sementeira, série II, n.º 29, Maio de 1918, pp. 66-67.

As guerras. Algumas das suas causas
Goldsworthy Lowes Dickinson, A Sementeira, série II, n.º 29, Maio de 1918, pp. 69-70.

A acção internacionalista
A Sementeira, série II, n.º 31, Julho de 1918, pp. 97-98.

Pela joeira. De acordo
A Sementeira, série II, n.º 31, Julho de 1918, p. 105.

Pela joeira. A isto chegaram
A Sementeira, série II, n.º 34, Outubro de 1918, p. 154.

Um ano depois
A Sementeira, série II, n.º 35, Fevereiro de 1919, pp. 161-164.