Polémicas

António Sérgio vs. Abel Salazar: A doutrina da divulgação

Pequeninos pontos que o acaso vai trazendo, e que submeto à meditação de jovens amigos que planeiam uma obra de vulgarização
António Sérgio, Seara Nova, n.º 510, 20 de Maio de 1937, pp. 103-107.

Ainda o problema da vulgarização
António Sérgio, Seara Nova, n.º 511, 27 de Maio de 1937, pp. 122, 138.

Carta a António Sérgio
Abel Salazar, O Diabo, n.º 155, 13 de Junho de 1937, p. 8.

A propósito da vulgarização do Círculo de Viena (resposta a António Sérgio)
Abel Salazar, Sol Nascente, n.º 10, 15 de Junho de 1937, pp. 8-9.

As críticas de António Sérgio e a necessidade de actualização do pensamento português
Abel Salazar, O Diabo, n.º 156, 20 de Junho de 1937, p. 8.

A-propósito da vulgarização do Círculo de Viena
Abel Salazar, Seara Nova, n.º 515, 26 de Junho de 1937, pp. 203-207.

Notazinha ao artigo de Abel Salazar
António Sérgio, Seara Nova, n.º 515, 26 de Junho de 1937, pp. 208-211.

Palavras a Abel Salazar
António Sérgio, Seara Nova, n.º 515, 26 de Junho de 1937, pp. 216-217.

Ainda o problema da divulgação
Seara Nova, n.º 515, 26 de Junho de 1937, pp. 202, 216.

Explicação e reprovação de uma desmesura própria
António Sérgio, Seara Nova, n.º 519, 24 de Julho de 1937, p. 282.

Mecânica relativista por Gago Coutinho, in "Seara Nova"
Abel Salazar, Sol Nascente, n.º 20, 1 de Dezembro de 1937, p. 5.

Explicação aos leitores da "Seara Nova"
Seara Nova, n.º 539, 11 de Dezembro de 1937, p. 243.

Coisas claras
Sol Nascente, n.º 21, 15 de Dezembro de 1937, p. 4.

Ao Sr. António Sérgio
Abel Salazar, Sol Nascente, n.º 21, 15 de Dezembro de 1937, p. 4.

O "bluff" António Sérgio
Abel Salazar, Sol Nascente, n.º 22, 1 de Janeiro de 1938, pp. 4-5, 13.

Em tôrno de um complicado caso de consciência
António Sérgio, Seara Nova, n.º 543, 8 de Janeiro de 1938, pp. 337-340.

Pela segunda vez, ao Sr. António Sérgio
Abel Salazar, Sol Nascente, n.º 23, 15 de Janeiro de 1938, pp. 4-5, 12.

A atitude de Sol Nascente perante um conflito
Sol Nascente, n.º 23, 15 de Janeiro de 1938, p. 4.

Uma carta do Sr. Dr. Abel Salazar
Abel Salazar, O Diabo, n.º 173, 16 de Janeiro de 1938, p. 5.

Uma carta do Dr. Abel Salazar
Abel Salazar, Sol Nascente, n.º 24, 1 de Fevereiro de 1938, p. 14.

Dona crítica, seus vícios e limites
Abel Salazar, Sol Nascente, n.º 35, 1 de Abril de 1939, pp. 14-15.