Movimento anarquista (1900-1927)

Estudos

[ Artigos e capítulos de livros ]

Revistas anarquistas portuguesas: entre a política e a cultura
João Freire em Revistas, Ideias e Doutrinas. Leituras do Pensamento Contemporâneo, Lisboa, Livros Horizonte, 2003, pp. 153-188.

1916: A Aurora denuncia o significado da guerra
António Louçã, História, n.º 18, Abril de 1980, pp. 56-68.

Um semanário anarquista durante o primeiro governo Afonso Costa: Terra Livre
João Medina, Análise Social, n.º 67-68-69, 1981, pp. 735-765.

Lisboa, 1920 - vida sindical e condição operária
Luís Salgado de Matos, Análise Social, n.º 67-68-69, 1981, pp. 927-986.
Entrevista a Emídio Santana.

Inventário da imprensa operária portuguesa (1834-1934)
Maria Filomena Mónica e Luís Salgado de Matos, Análise Social, n.º 67-68-69, 1981, pp. 1013-1078.

O neomalthusianismo na propaganda libertária
João Freire e Maria Alexandra Lousada, Análise Social, n.º 72-73-74, 1982, pp. 1367-1397.

Introdução
João Freire em Neno Vasco, Concepção Anarquista do Sindicalismo, Porto, Edições Afrontamento, 1984, pp. 5-50.

Almanaques libertários antigos
João Freire, A Ideia, n.º 32-33, Abril de 1984, pp. 69-77.

Outras "Ideias" na imprensa portuguesa
João Freire, A Ideia, n.º 36-37, Junho de 1985, pp. 96-99.

"A Aurora" e o antiguerrismo (1914-1918)
Maria Manuela Lima Santos e Olga Maria Vasco Ribeiro em AA.VV., Portugal na Grande Guerra. "Guerristas" e "Antiguerristas", Lisboa, CH-UL, 1986, 71-103.

A Confederação Geral do Trabalho em Portugal
Maria José La Fuente, Separata de Lusíada, n.º 2, Outubro-Dezembro de 1989, pp. 237-261.

As Juventudes Sindicalistas!
João Freire, Penélope, n.º 4, 1990, pp. 120-137.

Cercados y perseguidos: La Confederação Geral do Trabalho (CGT) en los últimos años del sindicalismo revolucionario em Portugal (1926-1938)
Paulo E. Guimarães em M. Gutiérrez Sánchez e D. Palacios Cerezales (eds.), Conflicto político, democracia y dictadura. Portugal y España en la década de 1930, Madrid, CESP, 2007, pp. 199-241.
A obra completa pode ser consultada em: http://hdl.handle.net/10174/6812

Os Meios de Difusão do Anarquismo em Portugal no Princípio do Século XX
João Freire em Bruno Monteiro e Joana Dias Pereira (orgs.), De Pé Sobre a Terra. Estudos sobre a Indústria e o Movimento Operário em Portugal, Instituto de História Contemporânea, 2013, pp. 255-270.

As Fases da Difusão do Anarquismo em Portugal, 1900-1926
João Freire em Bruno Monteiro e Joana Dias Pereira (orgs.), De Pé Sobre a Terra. Estudos sobre a Indústria e o Movimento Operário em Portugal, Instituto de História Contemporânea, 2013, pp. 347-359.

A CGT portuguesa e a fundação da Associação Internacional dos Trabalhadores
R. Pereira (http://anarco-sindicalista.webs.com/cgt_ait.pdf), consultado em 17-02-2017.

[ Enciclopédias e dicionários ]

Imprensa libertária
João Freire em Fernando Rosas e J. M. Brandão de Brito (dir.), Dicionário de História do Estado Novo, Vol. I, Venda Nova, Bertrand, 1996, pp. 454-456.

Anarco-Sindicalismo
João Freire em Fernando Rosas e J. M. Brandão de Brito (dir.), Dicionário de História do Estado Novo, Vol. I, Venda Nova, Bertrand, 1996, pp. 50-52.

Anarquismo
João Freire em António Barreto e Maria Filomena Mónica (dir.), Dicionário de História de Portugal - Suplemento, Vol. 7, Lisboa, Iniciativas Editoriais, 1999, pp. 102-103.

Confederação Geral do Trabalho
João Freire em António Barreto e Maria Filomena Mónica (dir.), Dicionário de História de Portugal - Suplemento, Vol. 7, Lisboa, Iniciativas Editoriais, 1999, pp. 396-397.

Imprensa anarcossindicalista
Joana Dias Pereira em Maria Fernanda Rollo (coord.), Dicionário de História da I República Portuguesa, Vol. II, Lisboa, Assembleia da República, 2014, pp. 361-365.

[ Memórias ]

Em volta da minha profissão: subsídios para a história do movimento operário no Portugal Continental
Alexandre Vieira, Lisboa, Edição do autor, 1950.

Quatro anos de deportação
Mário Castelhano, Lisboa, Seara Nova, 1975.

Os sindicatos operários e a república burguesa: 1910-1926
David de Carvalho, Lisboa, Seara Nova, 1977.

Relembrando e comentando: memórias de um operário corticeiro, 1914-1938
José dos Reis Sequeira, Lisboa, A Regra do Jogo, 1978.

Episódios da minha vida familiar e de militante confederal (1899-1982)
José Francisco, Lisboa, Editora Sementeira, 1982.

Páginas do historial cegetista
José Francisco, Lisboa, Editora Sementeira, 1983.

Alentejo em luta
Elias Matias, Lisboa, Editora Sementeira, 1985

Recordações de um proletário: achegas para a história da acção dos libertários em Portugal
José Francisco, Lisboa, Editora Sementeira, 1985.

Últimas páginas: 1986-1987
José Francisco, Lisboa, Editora Sementeira, 1987.

Memórias de um militante anarco-sindicalista: tempos de luta, de adversidade e de esperança
Emídio Santana, Lisboa, Perspectivas & Realidades, 1987.

Últimos tempos de acção sindical livre e do anarquismo militante
Manuel Joaquim de Sousa, Lisboa, Antígona, 1989.

Adriano Botelho: memória e ideário. Antologia de textos
Carlos Abreu e João Freire (orgs.), Ponta Delgada, Direcção Regional dos Assuntos Culturais, 1989.

[ Teses e dissertações ]

Educar de outra forma: a Escola Oficina N.º 1 de Lisboa, 1905-1930
António Candeias, Tese de Doutoramento, Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto, 1992.
II volumes. A obra completa pode ser consultada em: http://hdl.handle.net/10216/53624

Edição em livro: António Candeias, Educar de outra forma: a Escola Oficina N.º 1 de Lisboa, 1905, 1930, Lisboa, Instituto de Inovação Educacional, 1994.

A educação libertária segundo Aurélio Quintanilha
Amélia Filomena de Castro Gomes, Dissertação de Mestrado, Universidade do Minho, 2005.
A obra completa pode ser consultada em: http://hdl.handle.net/1822/4917

Les jeunesses syndicalistes au Portugal (1913-1926): idéologie, violence et révolution dans les années 20
Filipa Freitas, Tese de Doutoramento em História, École des Hautes Études en Sciences Sociales, 2007.

Sindicalismo revolucionário: a história de uma Idéa
Joana Dias Pereira, Dissertação de Mestrado em História Contemporânea, Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, 2008.
Edição em livro: Joana Dias Pereira, O sindicalismo revolucionário: a história de uma Idéa, Lisboa, CNCCR e Caleidoscópio, 2011.

Arte, redenção e transformação: a experiência da Sociedade Teatro Livre (1902-1908)
Cláudia Figueiredo, Dissertação de Mestrado em História Contemporânea, Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, 2011.
A obra completa pode ser consultada em: http://hdl.handle.net/10362/7062

O movimento libertário portuense à luz do periódico A Aurora (1910-1919)
Manuel Carvalho Ferreira Cruz, Dissertação de Mestrado, Faculdade de Letras da Universidade do Porto, 2012.
A obra completa pode ser consultada em: http://hdl.handle.net/10216/66256

Receção e perceção da Revolução Russa na crise do sistema demoliberal português - uma análise de imprensa
Marcos Nunes de Vilhena, tese de Doutoramento, ISCTE, 2013.
A obra completa pode ser consultada em: http://hdl.handle.net/10071/8788

Ideia(s) e movimento(s): sindicalismo libertário e educação
Maria Gabriela dos Santos Lourenço, Dissertação de Mestrado, Instituto de Educação da Universidade de Lisboa, 2015.
A obra completa pode ser consultada em: http://hdl.handle.net/10451/18415