Nomes Singulares

Belo, Ruy
(1933-1978)
escritor, poeta

Autor Singular8
Nome Singular Citado6
Obra Citada2
Poesia e arte poética em Herberto Helder
Belo, Ruy (1933-1978)
O Tempo e o Modo, 1.ª série, N.º 1, Janeiro 1963, Crónicas, pp. 58-68
Orla marítima
Belo, Ruy (1933-1978)
O Tempo e o Modo, 1.ª série, N.º 45, Janeiro de 1967, Artes e Letras, p. 100
A responsabilidade da poesia
Belo, Ruy (1933-1978)
O Tempo e o Modo, 1.ª série, N.º 49, Maio de 1967, pp. 497-502
Jorge de Sena, Uma Canção de Camões
Belo, Ruy (1933-1978)
O Tempo e o Modo, 1.ª série, N.º 59, Abril 1968, Artes e Letras, pp. 445-448
Manuel Bandeira em verso e prosa
Belo, Ruy (1933-1978)
O Tempo e o Modo, 1.ª série, N.º 62-63, Julho-Agosto 68, Artes e Letras, pp. 752-763
Da poesia que posso
Belo, Ruy (1933-1978)
O Tempo e o Modo, 1.ª série, N.º 68, Fevereiro 69, Artes e Letras, p. 211
Conteste s.f.f.!
Marques, Antónia Lowndes (?-?); Leitão, Rui (?-?); Belo, Ruy (1933-1978); Rosa, António Ramos (1924-2013); Costa, João Bénard da (1935-2009); Andresen, Sophia de Mello Breyner (1919-2004)
O Tempo e o Modo, Nova Série, N.º 74, Dez.1969, Conteste s.f.f.!, pp. 58-62